O beta é uma das espécies de peixes mais fáceis de se encontrar em um aquário, não importa em qual país você esteja.

Além de ter cores exuberantes, ele é relativamente fácil de ser cuidado, e talvez por isso seja um dos mais procurados em todo o mundo, afinal, quem nunca teve um peixe beta pelo menos conhece alguém que já cuidou de um.

Geralmente as pessoas se queixam que o peixe beta não vive muito tempo, mas muitas vezes isso acontece por conta das trocas de água.

Segundo aquaristas profissionais, nunca se deve trocar toda a água de um aquário de uma só vez, pois isso facilmente mata não só o beta, como qualquer outro peixe. O correto são trocas parciais, removendo apenas 1/3 da água do aquário cerca de 2 vezes por mês.

Agora, que já sabemos uma das práticas mais importante para cuidar de um peixe de aquário, conheça 7 fatos interessantes sobre o peixe beta!

1 – Os betas são orientais

Os betas são originários da Tailândia, Indonésia, Vietnã, Malásia e algumas regiões da China. Com o passar do tempo, ele conquistou o mundo inteiro com suas cores vivas e por sua facilidade de ser criado em aquários ornamentais.

2 – Eles são carnívoros

O peixe beta prefere comer larvas e mosquitos, que é sua alimentação natural na vida selvagem, mas ele também se alimenta de flocos e rações próprias pra peixes, não se preocupe.

3 – Tempo de vida

O beta tem um tempo de vida que varia bastante, entre 2 a 5 anos em média, e o aquário em que ele vive e sua qualidade de água tem uma influencia drástica. Por exemplo, um beta que vive em um aquário espaçoso e com filtro costuma passar dos 4 anos, porém, se seu aquário é pequeno demais e com má qualidade de água, provavelmente ele não passará dos 2 aninhos. Coitado!

4 – Os betas respiram oxigênio atmosférico

Por conta de seu órgão chamado labirinto, o ar passa próximo de sua corrente sanguínea, o que proporciona a troca de oxigênio para o sangue por meio de difusão. Por isso eles podem viver em aquários pobres em oxigênio, mas claro que isso não significa que a água pode estar suja. Apesar de não precisarem de bombas de ar em seus aquários ornamentais, um filtro sempre faz bem ao peixe, pois melhora a qualidade de sua água.

5 – Peixe de briga?


Os betas não são nada pacíficos, principalmente os machos, que são bastante territorialistas, sendo quase impossível mantê-los no mesmo aquário (mesmo que este seja grande). Já as fêmeas até podem viver juntas num mesmo aquário, mas somente se não for pequeno demais.

6 – Na China elas eram criados pra ‘lutar’6

No século 18 e 19, os peixes beta eram criados como peixes de briga, e infelizmente, até mesmo nos dias atuais existem pessoas que os criam para este fim, e isso não só na China…

7 – E quantas espécies!

Atualmente existem 65 espécies de peixes classificados como “Beta”. O peixe-beta mais comum entre os amantes da aquariofilia é o Beta Splendens, e se você tem um beta em casa, as chances de que ele seja um Beta Splendens é de 99%.

Fonte: https://www.curtoecurioso.com/2014/08/7-curiosidades-sobre-o-peixe-beta.html